Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

segunda-feira, 15 de março de 2010

Ser Mãe - 2010

Ser Mãe é um curso natural na vida da mulher, porém a despeito de terem filhos, poucas conseguem ser Mãe!

Enquanto eu pensava sobre o fato de as mulheres serem Mães, todo um mundo de coisas e sensações passa Lá fora.

O silêncio de meus pensamentos é quebrado pela harmonia da natureza atritando entre si o Amor em forma de vida. Então eu não resisto e sem pensar em imagens escrevo:

Ser Mãe é uma atribuição além do corpo ou do envolvimento de óvulo e espermas...

Ser mãe é ir além, muito além das fronteiras, onde estão ocultos os sentimentos mais profundos da Alma Humana.

Uma brisa não descreve e não contém paridade entre ser Mãe, porque a mulher pode se tornar um furacão diante da maternidade.

O envolvimento é tão mais profundo que chega a romper todos os limites e fronteiras conhecidos e esbarra nas mãos de Deus.

Ser Mãe, é o devaneio mais verdadeiro e intenso que já existiu.

Ser Mãe é trocar tudo o que é certo pelo incerto, e honrar a vida amamentando o rebento com a mais pura essência da vida produzida pelo próprio corpo.

Porém ser Mãe, não é somente produzir o alimento, para o próprio rebento, mas é alimentar todos os filhos de todas as mães, ainda que seja com sabedoria, amor e carinho.

Muitas vezes ser Mãe é caminhar taciturnamente pelas madrugadas acalentando o filho resmungão e que não consegue dormir, ou deixar de ter uma manha.

Ser Mãe, é mais que um simples substantivo com um verbo. Mas é uma estória toda que se conta com sete letras.

Mas, parece que nada disto basta para definir o que é ser Mãe, porque somente poderemos crer nestas verdades quando vemos que a mulher é Mãe, verdadeiramente.

De um momento para o outro no início da gravidez, a mulher já se posta como Mãe, porém pode levar uma vida inteira para Ser Mãe.

Pense sobre isto, Medite e Reflita porque a partir do momento que você caminhar em direção a Ser Mãe, nunca poderá voltar atrás e deixar de Ser Mãe, ainda que perca seu filho para a vida ou para a morte.

Léo S.Bella   15/03/2010

Um comentário:

Ateliete® disse...

Lindo e emocionante o seu texto!!!
Suas palavras tem muito sentimento e verdade.

Eliete