Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Uma vida, não uma vida qualquer

Uma vida, em uma breve conversa.
Nem sempre é possível acompanhar com passos largos todos os acontecimentos do dia a dia, isto é, viver os acontecimentos com consciência de que cada passo seu é importante para que seu futuro possa existir e, nele, conseqüentemente exista você com toda sua sabedoria adquirida durante a sua existência.
Parece estar claro que cada pessoa vive sua vida e obtém então sua própria sabedoria através de suas experiências. Porém, se você vê as coisas desta forma você deve mudar sua forma de ver a vida, pois muitas pessoas vivem apenas as experiências alheias, não se arriscando numa aventura onde tenha que se expor.
Muitas pessoas se furtam de expor suas fraquezas e suas qualidades sob o pretexto de não quererem aparecer diante das outras pessoas como se as suas fragilidades fossem um defeito apenas delas. Então, elas se escondem para a vida e acabam vivendo a vida de outras pessoas.
Assim, a vida se processa muitas vezes sem qualidade alguma e isto remete o vivente para os exageros e fugas que levam sempre ao caminho da dependência. Esta dependência em sua forma mais grave se desenha pelas drogas, pelo álcool, e até pelas aberrações e desvios de personalidade.
Todos sofremos com estas atitudes. Todos sofremos com estas pessoas que vivem entre nossa sociedade, talvez até dentro de nossas casas. Elas agem furtivamente, e talvez por isto apenas com o passar dos anos serão percebidas, mas o estrago que elas provocaram são irremediáveis.
Estou em minha montanha mágica é verdade, portanto muito longe da realidade que a maioria das pessoas vivem, pois aqui sou naturalmente protegido por todos os deuses, deusas e pela própria natureza, afinal sou um ser natural e vivo da forma que nasci. Nunca neguei minha condição humana, porém nunca desisti de ser animal racional e, procuro conviver e viver em harmonia com a natureza sempre.
A racionalidade propagada em minha espécie deveria ser mais discutida e sempre lembrada para que as limitações impostas pudessem ser administradas e entendidas e não apenas tidas como obras de fracasso ou de um destino traçado antes.
Nada é por acaso, nem apenas por destino, mas acontecem porque o destino dos passos que se dá levam sempre naquela direção do destino que se traça e constrói. Então dizer que foi apenas por destino que uma desgraça aconteceu é muita leviandade e falta até de atenção com a própria vida.
O destino não tem vontade, nem está traçado, ele é construído passo a passo através de tudo o que você vive, então não perca a fé de que você sempre tem possibilidade de utilizar-se de sua Fé e sua crença para motivar e mudar a qualquer momento o rumo de sua vida, quiçá de seu destino.
Faz frio, aqui, embora o sol esteja aquecendo a montanha e uma neblina teimosa relute em desaparecer.
Olá minha querida amiga Gisele, sua irmã Gislaine (Laine) não foi mera vitima de um assassinato sórdido, porque tudo o que aconteceu pertenceu de certa forma ao caminho que ela trilhou em direção ao futuro.
Uma bela jovem, cheia de vida e de interesses viveu a felicidade de poder tê-la como irmã. Foi uma filha verdadeira que muitas vezes conflitou suas verdades com as verdades de sua Mãe, porque vivia verdadeiramente sua vida e sua independência. Foi companheira política de seu pai, porque entre todas as coisas que prezava, uma delas era relacionar-se com as pessoas e sempre preferia uma solução política e estudada do que uma saída pelas vias de fato.
Evidentemente que cometeu erros como todas as pessoas que se arriscam atrás de seus sonhos. Porém estes erros ao invés de a deixarem refém do medo interior a fizeram fortalecer em seus propósitos de vida.
- Olá Caminhante..., não pude deixar de ouvir estas palavras a meu respeito. Isto me faz muito bem saber que existe alguém que se importa em ser mais que um ser vivente nesta Terra e nos serve de apoio nos momentos em que fraquejamos. Sou grata por você pensar assim e não tentar colocar minha imagem como se eu pouco soubesse e nada valesse. Não me incomodo com isto, porém meus irmãos, minha Mãe, e principalmente meu Pai, sentem-se muito culpados pelos acontecimentos e, a visão de minha cabeça toda dilacerada não os deixa em Paz.
Ninguém tem culpa pelo meu assassinado, a não ser os que o fizeram. Não adianta tentar explicar o inexplicável, afinal isto muitas vezes não chega a ser um motivo para nos confundir ainda mais a respeito de tudo o que sentimos e o que podemos sentir. A situação real é que sempre fui independente e, em alguns momentos eu por minha fé em minha vida e em minha capacidade provoquei estragos irreparáveis, porém, graças a Deus sempre fui muito querida e amada pela minha família então sempre pude dar a volta por cima e sair do fundo do poço para poder empreender uma outra caminhada.
Isto embora me deixe feliz por que eu acabei reconhecendo que é mérito e esforço meu, me deixa triste porque muitas vezes não consegui me desvencilhar de todas as más influências que me perseguiam.
Sabe, caminhante, eu lutei muitas vezes sozinha contra isto, e acho que quando senti que poderia estar no caminho de poder vencer a batalha fui abatida covardemente.
Durante minha vida muitos foram os momentos que fui socorrida pela minha família, pois minhas questões interiores sempre foram fortes, às vezes mais forte do que eu e, isto me levava ao fundo do poço. No entanto nunca fui abandonada pela minha família. Sempre, de alguma forma, todos me ajudavam, com palavras, conselhos e muito mais além de simples compreensão.
Posso lhe dizer, meu caro Caminhante que toda certeza que tive de que a vida era realmente complicada é que me levava ao desespero de perder a razão, e até de atentar contra minha própria vida. Foram momentos terríveis e somente me senti amparada pela família. Os amigos não se prestam para estes momentos porque eles significam o outro lado da moeda. Amigos não são como a família. Porque somente a família tem o condão de nos fortalecer através das verdades, e os amigos através dos incentivos e, as vezes eles incentivam para a forma como eles vivem ou que acham que seja a certa. A família orienta, censura, educa, alimenta e dá a certeza de que nunca nos abandonará.
A questão do abandono é uma questão muito forte.
É na verdade, uma forma de impingir a alguém a culpa pela incapacidade de resolver problemas adquiridos pelas relações estabelecidas com o que se vive. Minha vida foi breve, mas intensa, pois eu nunca deixei para o dia seguinte o que eu poderia viver agora.
Neste momento, enquanto tudo acontece, sinto que algo mais será dito e tento direcionar a conversa que se iniciou como um monólogo, afim de obter informações sobre a forma brutal como Gislaine foi assassinada.
- Sabe Gislaine, acho que tudo isto que você está dizendo, todos na sua casa deve saber. O que eles querem realmente saber é quem fez esta malvadeza com você. Você saberia dizer quem é que fez isto com você? Afinal é por isto que eles sofrem, porque desconhecem o culpado e, não podem fazê-lo pagar pelo que fez e, pela desgraça que fizeram em sua casa, transformando a vida de seus pais e de seus irmãos num verdadeiro calvário. Sua irmã Gisele sofre demais com isto e, a todo momento ela procura junto com sua Mãe uma forma de descobrir quem é o seu assassino. Você poderia dizer isto para eles?
- Caminhante eu conheço minha familia. Minha familia é guerreira, então minha preocupação é protegê-los contra uma eventual retaliação contra os que fizeram isto comigo. Sei que vão tomar medidas que vão tornar a vida deles muito difícil então, eu não quero falar sobre isto, ainda mais porque esta oportunidade que tenho de poder falar é muito rara. Nunca eu pude realmente dizer à eles todos o quanto os amo. Meu irmão mais velho, nos envolvemos numa discussão, certa vez, mas mesmo assim eu não pude dizer a ele o quanto o amo, não importa o que ele faça ou seja, é meu irmão e o amo muito da mesma forma que amo minha irmã Gisele e meus pais.
Sabe caminhante, esta é uma oportunidade em que posso resgatar o amor por minha família, pois nunca disse estas coisas que estou dizendo.Pra mim falar muito obrigado era muito difícil e, muitas vezes dizer eu te amo, impossível, e agora vejo que deveria dizer isto a todo momento, porque a vida é muito curta demais e cheia de surpresas. Caminhante transmita isto à minha familia por favor, e à minha irmã e Mãe e Pai, porque são os que mais sofrem com a minha morte...
Diga-lhes que estou em Paz, e que portanto eles devem ficar em Paz para que eu possa continuar a minha caminhada em direção ao meu futuro agora.
Obrigada, pela oportunidade e saudades, muitas saudades de todos. E podem estar certos que no devido tempo tudo será esclarecido.
Que Deus cubra a todos de bênçãos, até os bebês.
Laine.

Em muitos momentos a vida pode conter surpresas. Estas surpresas podem ser inexplicáveis, porém, fazem parte da vida. Enquanto caminho pela minha montanha mágica tentando obter muitas respostas para muitas perguntas, eu reflito sobre a vida.
Medito e reflito sobre a minha vida e sobre a sua também.
Estou descendo a montanha em direção ao meu espaço junto ao fogão caipira para tomar um gole de café quentinho com mandioca frita. Ah! Que delícia!
Inopinadamente, sou tomado por um acesso de riso quando lembro de algumas amigas que estão vivendo na cidade grande e não tem um fogão a lenha para seu momentos de recolhimento no próprio lar.
Analú, minha querida deusa loura quase dourada, talvez um dia tenhamos alguns momentos sentados no rabo do fogão de lenha para podermos além de falar, sorver um cafezinho com gostinho de vida caipira.
Sabe Tânia, eu muitas vezes me pergunto: Por que você me faz falta, se nada falta me faz... Mas enfim, envio um grande beijo pra Laurinha que deve estar terrível, um beijo pra Fernanda, e um puxão de cabelos no Francisco pra ele se virar e dar inicio à academia... eheheh, já está demorando.
Tereza e Ari, Anísio diz: “ Paciência que tudo vai se ajeitar. As coisas nunca foram fáceis mesmo. Mas tudo vai melhorar, tenham fé.”
Carminha Galletti; “ Mãe você não é de dar mole pra vida, nem quando eu parti, porque está querendo desistir? – Igor”
Célia Regina: “Nada é fácil, minha amiga, nada mesmo, então não há porque tomar algum atalho e deixar de viver, alias viver é fundamental para a Vida. ehehehe”
Vanessa, “Mãe nada vai te corroer, porque você é f... e a vida é importante demais para não ser vivida. Sinto você todos os dias e ouço seu pranto calado e suas preces. Mas não está na hora de nos encontrarmos ainda, portanto lute, minha Mãe, lute como você sempre lutou, Loko “
Célia – Mãe de Marcos. “Não desanime, Mãe. É importante que você tenha confiança de que tudo estará bem amanhã e que todos nós, pela fé que temos em Deus, podemos, ainda, viver todas as alegrias–Marcos”
Zezé- “ Tá difícil Mãe, mas não será sempre assim, amo vocês – Romeuzinho.”


Léo S.Bella
16/08/2010

2 comentários:

NOSSA!! COMO EU AMO A VIDA! disse...

Oi Léo, boa noite adorei o site renovado, ficou show de bola...
Tá tudo bem com vc, um beijao p/ val, nao esqueço de voces nunnnca,
nunquinha da silva...rsrsrs
Poxa vc sempre está presente da
minha mãe e não me tras nenhum
recadinho dela...snif snif
Do fundo do coraçao adoro voces
dois e desejo melhoras p/ vc meu
amigo e que continue tendo e obtendo sucesso na vida,cada vez mais e sempreeeee!

bjos e fiquem com Deus!
sempre

Ana Luiza disse...

Café no bule com direito a ser feito em fogao de lenha!!!!
Ahhh Leó...vc tá me devendo esta agora e pode deixar que eu mesma faço o pao de queijo!!!!
bjo pra vcs...que bom vc voltou pro blog...já tava desistindo de vir aqui pra te "ouvir"....
bjo pra Querida Val!!!bjao procê!!!!