Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

domingo, 14 de junho de 2009

Por que, Maria...por que?

Por que não repassar os horizontes, Rever o que ficou por trás dos montes, desejos e promessas não cumpridas, um longo abraço que faltou na despedida... Por que não rever os conceitos, Erradicar preconceitos , deixar vir novos sujeitos, Morder a língua pra não xingar.., Abrir um sorriso de frente pro mar... Por que sofrer, sofrer, sofrer, Se o que se pode ver, É a vida passeando pela sua porta, E você se fazendo de morta... Porque querer ir?, e não ficar lutando, Amando, jogando, ganhando, odiando... Como faz quem respeita a morte, E sabe que na vida não existe sorte... Por que Maria, porque deixar de sorrir... Se foi o seu sorriso que conquistou a vida... Por que querer desesperadamente ir... Fará muita falta sua partida... Deixe seu ego cego de lado e , não o ouça... Não seja criada, de seus caprichos, A porcelana , não é qualquer louça, Que opaca se joga no lixo... Aprenda a dominar no espírito, a impetuosidade..., A materializar o amor em forma de ação...., A ceder seu mel a quem precisar entender,na verdade, Que a vida não é feita, só pela emoção.. Mas encare-se diante de sua nudez, Da mesma forma como se estivesse vestida, E, nunca use de sua mudez, Para justificar uma partida... Quem parte vê de outro lado, O que não se vê como verdade, Quem fica age preocupado, Achando tudo falsidade... Mas quem falseia, se não disse adeus, É porque tempo, lhe tenha faltado, Mas tempo não é coisa de Deus, E, sim de homem atormentado... Assim, de pedaço em pedaço, se reconstrua.. Não se abandone, no meio da rua.. Pois na realidade,... na vida, Não existe chegada ou, partida...
video

Nenhum comentário: