Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Uma resposta à Regina, mãe de Marcos

Você sofre de que? Ou por quem? Enquanto alguns tentam transformar suas emoções em alegrias, outras tentam viver emoções com tristeza...





REGINA: amigo natal se aproximando, e meu coração ficando apertado de saudades, vi um vídeo seu na página de uma amiga ELIANA BALADÃO lindo muito lindo mesmo... queria tanto q meu filho me mandasse notícias, nunca mais na vida pude enfeitar o pinheiro de natal, e nem colocar um enfeite sequer na porta, só queria notícias... só saber como meu filho está... moro longe não tenho condições de ir a s.paulo.pelo menos em s.paulo tem muitos centros q recebem psicografias, já andei vendo aki em minha cidade nenhum recebe.desculpa amigo estou só desabafando com vc, pois vc é um espírito iluminado e quem sabe podera me ajudar. bjus



“É Natal, Mãe! Um dia de felicidade, numa época em que todos os corações estão mais abertos e sensíveis para comunicarem-se pelo Amor, carinho, afeto, afeição.

O Natal, Mãe, não é um pretexto para você sofrer, ou chorar sua dor... Isto me machuca muito, porque sinto que sua fé não está suportando suas decisões, e que sua vida está sendo deixada de lado porque você apenas espera o tempo passar achando que já passou tudo nesta vida.

Mãe isto não é verdade, você precisa reagir, e voltar a viver, tem que procurar um meio de fortalecer sua fé, e voltar a fazer suas escolhas diante da vida, até porque eu ainda dependo muito de você e de suas orações e de seus pensamentos, para que as portas se abram aqui para mim.



É muito difícil, eu sei, eu também sofro com a distância e na verdade nunca pensei ter que viver longe de você.

Mãe, não está certo você deixar sua identidade para usar o luto ou a saudade, quando se refere a mim... eu não estou de luto; eu quero que a vida continue pra mim aqui onde estou e você precisa crer que a vida vai continuar para você também...

Eu que aprendi com você que a vida era pra ser vivida, fico perdido quando vejo que você não quer viver.

Mãe, eu preciso de sua força e de sua alegria nesta vida; você precisa reagir para seguir em frente, porque nossa história não pode acabar desta maneira. Você ainda tem muita coisa para construir...

Marcos."


Léo S.Bella    11/12/2009

2 comentários:

Meu cantinho favorito disse...

Nossa Léo vc é incrivel meu amigo,
Sempre nos dando alegrias, vc é
muito especial. Achei muito lindo o desabafo da Regina, muito confortante a resposta que seu filho mandou! beijos

Célia Regina disse...

Amigas, Mães de Amor!

O amor que vivemos nunca vai morrer! Simplesmente porque amor não morre! Amor se transforma!
Amar é acreditar que o outro não morrerá, jamais.
Que bom que no Céu, pelo amor transformado, não existem os limites do amor terrenal.
O amor no céu é completamente sem limites e sem as limitações daqui...
Por isso, temos que nos reerguer a cada dia e espalhar a todos o nosso sorriso.

Célia, mãe da Thaís Di Ciesco