Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

domingo, 6 de dezembro de 2009

Uma resposta para Patricia

boa tarde Léo, em primeiro lugar obg por aceitar me pedido !!! eu vi a msg que vc recebeu do filho da Rose, e pedi a ela seu contato. engraçado que quando ela me disse que vc é de Ibiuna me deu um frio na barriga, pois a pessoa que vou te falar morava ai em Piedade e frequentava o centro do Dr Rezende.







bem, meu nome é Patricia, e a família do meu pai morava em Piedade, meu pai tem 2 irmãos e o caçula tem um diferença de idade de mim de 7 anos. desde de pequenos sempre fomos mto unidos, pois somos mto parecidos tb ... sempre tive loucura pelo Fernando e o tinha como um irmão. no dia 25 de outubro do ano passado ele desencarnou num acidente ridículo de moto, pegou todo mto de surpresa ... eu já estava passando por uma fase mto complicada da minha vida e a morte dele me abalou mto, mas te confesso que o pior foi sentí-lo o tempo todo no velório, ainda não sei lidar mto bem com a minha mediunidade :( ... enfim, até a missa de 7º dia dele e no primeiro e segundo mês sentia a presença do Fê,



bem continuando de onde parei .... depois que completou 2 meses que o Fernando morreu deixei de sentir a presença dele, mas uma médium me disse algumas coisas sobre, que eu até já sabia, mas nenhuma msg mandada por ele mesmo.


o que eu queria era receber uma msg do Fê, a morte dele foi estranha, ele pilotava moto mto bem e não justifica o acidente que teve.


acho que é normal né, as pessoas procuram msgs para saber das pessoas, não para justificar a morte, mas sim pq "me disseram" o que houve e eu queria confirmar, até pq como te disse já me falaram que tenho uma mediunidade mto gde, mas nunca acredito rs


será que vc pode tentar obter uma msg do Fê ?


no da 1 de agosto a minha avó, mãe dele, faleceu tb, e eu era mto ligada a ela, fui eu quem deu a notícia da morte do Fê para ela, então se pudesse ter mensagem dela seria bom.


conheci um Darci sim, é tio da minha amiga da faculdade, fomos em uma formatura essa semana juntos, mas não somos mto chegados não . pq ???


ah o nome do meu tio é Luiz Fernando Saladini e da vó Terezinha de Oliveira Saladini.


o Dr Rezende conheci o Fê. vc é do mesmo centro ? será que conhecia meu tio ?


bem, me diz qquer coisa, espero que o email chegue inteiro rs


obg pela atenção ! : o)





Olá Patricia!



Os horizontes de todas as pessoas se encontram em um único ocaso, não importa a que religião ou seita pertençam se tem dinheiro, posses ou poder, se são abnegados, oradores ou curandeiros, ou desordeiros e imperadores, ou militares ou, ainda, governantes impiedosos. Todos tem o mesmo fim e fazem a mesma passagem, ainda que queiram ter suas vidas analisadas de forma diferentes.


O homem é um só e seu destino um só, então para que possamos entender um pouco mais a passagem de Luiz Fernando precisamos deixar tudo muito bem claro, até porque a saudade é capaz de tudo, até mesmo mascarar uma vida inteira.


Não sou médium como você acredita, também não sigo religião alguma, pois se isto acontecesse eu não seria capaz de encarar frente a frente a morte muitas vezes.


Não conheço nenhum Centro espírita em Piedade, tampouco algum que pertença a um Dr. Resende, nem mesmo o Dr. Resende, ou seu tio Luiz Fernando.


Como disse, mesmo vivendo caminhos diametralmente opostos todos os homens tem no horizonte, o mesmo ocaso, a morte. E, a morte não é senão um ato absolutamente normal para quem vive e inexistente para quem já morreu.


Não quero entrar no mérito quanto a existência ou não de vida após a morte, ou reencarnação, etc. pois cada religião está sustentada sobre sua própria base, e todas se sustentam sobre a existência de um Deus Universal; até as panteístas.


Sou particularmente reservado sobre minhas crenças, até porque são minhas as crenças, então não sei o que lhe falar sobre o fato de você ser um Ser mediúnico, ou um médium; acredito que se assim for, você é privilegiada e pode obter mais explicações da morte de seu tio do que eu, até porque meus conhecimentos são muito limitados para serem expostos, porque meu universo, neste espaço eletrônico está direcionado mais para as Mães que perderam seus filhos do que alguém que se perdeu numa manobra.


Desculpe minha amiga, mas trabalho com Energia e, isto significa ir à raiz do problema e não sofismar sobre os acontecimentos.


Por outro lado, até o ponto que posso sentí-la, o conhecimento das razões da morte de seu tio e de sua avó, servirão apenas para você fazer uma avaliação pessoal, de seu universo e do momento particular que você está vivendo, então isto é uma coisa que não faço, porque não creio que os motivos da morte de alguém sirva para outras pessoas viverem bem. Morte é morte, não importa a forma como se dê. As pessoas precisam aprender a se postarem humildemente durante a vida sem a presença da morte, pois somente assim conseguirão viver e deixar que as pessoas vivem.


Muitas vezes uma pessoa se assusta diante da visão da morte, e resolve até mudar de religião achando que isto a salvará. E daí acreditam que devem sair por aí pregando para salvar o mundo, mas na verdade elas precisam de se sentirem seguras quanto a própria salvação.


É muito triste uma pessoa para poder aproximar-se de si ter que ter como referência a morte de alguém... ainda que seja a morte de Jesus Cristo.


Assim, minha amiga caminham as minhas convicções em um mundo onde as escolhas são preponderantemente importantes para a vida e o livre-arbítrio é o maior de todos os dons legados por Deus.


Por fim, não digo que não entendi os seus propósitos, mas quero que entenda os meus: seria fácil escrever algo e atribuir à fala de Luiz Fernando, mas não é assim que se processam as coisas; primeiro porque ele não quer falar; segundo se houvesse alguma mudança esta dar-se-ia dentro de você apenas, então esta não é uma forma possível já que do outro lado da vida não existe uma central telefônica aberta 24 horas por dia.


Acredito ser mais viável, minha amiga que você busque esta mediunidade sua para compreender a si, antes de querer entender o que é paranormalidade e como ela se processa. Não sigo religião alguma ou doutrina, mas existem muitos Centros que podem dar a você o que você precisa saber.


Eu quero que você entenda que meu trabalho é o de proteger as pessoas contra si mesmas, e, não lançá-las numa luta intensa (elas contras elas), onde certamente nada será acrescentado como conhecimento.


O alimento espiritual é a energia que nasce das relações entre pessoas, mas das relações entre as pessoas que vivem num mesmo plano e, não entre pessoas que já morreram. Para estes casos, a medicina tem tratamentos específicos porque até os médicos entendem que devem proteger as pessoas contra si mesmas.


Como você vê, meu problema para responder para você não é tempo. Talvez quando você resolver dentro de si a sua “mediunidade” e entender que isto é integrante da vida de todos os seres e não privilégio de poucos e, também que se deve viver intensamente esta vida aqui, e depois a outra, você entenda que muitas coisas não devem ser escritas, ou até psicografadas levianamente.


Que Deus a proteja, sempre e cuide de sua coluna cervical.


Tenho mais de 40 anos de estrada, caminhando entre os dois lados da vida, e, todos os dias em minha montanha mágica, onde as pessoas são livres e os anjos fazem parte de seus dias e, eu peço para que as pessoas se entendam, se amem incondicionalmente, antes da morte, porque depois da passagem não adianta mais nada. Muitas pessoas acham que são pegas de surpresa pela morte, mas a morte nunca pega ninguém de surpresa, as pessoas é que não estão preparadas para ela.


Sabe Patricia você não acredita a quantidade de pessoas que me procuram para buscar esclarecer a morte de seus entes queridos, daí eu pergunto e o que isto pode servir nesta sua vida agora, elas não sabem responder ou respondem com evasivas. Elas acham que isto deixaria em paz seus mortos, mas quem morreu o que menos quer saber, é da forma como morreu; a maioria quase nem sabe porque morreu. Em função disto eu não posso enveredar por um caminho que vai provocar instabilidade e, desarmonia nas pessoas que ficaram.


Estou sempre à disposição para harmonizar qualquer pessoa e protegê-la, mas nunca desprotegê-las, ou conferir a elas qualidades que elas não tem.


Espero que você consiga as mensagem que precisa, afinal será mais fácil pra você agir com sua mediunidade em favor disto.


Um forte abraço e que Deus a proteja, sempre.

 Léo S.Bella         06/12/2009

2 comentários:

Meu cantinho favorito disse...

Léo, meu amigo, eu adoro as coisas que vc fala, adoro seus textos, suas palavras, eu sinto que vem tudo de dentro da alma, eu agradeço a Deus por sua amizade, engraçado tem pessoas que querem saber o porque da morte dos familiares, nossa quando minha mãe desencarnou eu não fiquei enteressada porque desencarnou, fiquei um pouco triste por não esta ao seu lado, todas as vezes que ela passou mal,eu sempre estava ao seu lado lhe dando apoio e cuidando, mais dessa vez não foi possivel, meu pai disse que Deus sabe o que faz! Mãe te amo...Léo meu amigo te adoro d+++!

Tixa Saladini disse...

Boa tarde Léo, já faz muitos anos que te escrevi em uma fase da minha vida que tudo estava de pernas para o ar e hoje a situação é bem diferente,e foi nessa fase que te escrevi desesperada por conta da morte de um parente meu, e tem essa conversa nossa publicada aqui, o que eu te peço é por favor para excluir essa conversa, pois fala de coisas muitos íntimas e não me sinto confortável com ela exposta. Aguardo uma resposta sua e desde já agradeço que a exclua definitivamente. Isso já não faz parte da minha vida e não quero que outras pessoas tomem conhecimento dessa conversa, até pq cito nome de pessoas que já não estão nesse mundo e não quero o nome deles expostos.Desde já muito obrigada !!!Patricia Saladini