Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O espírito não sabe o que é medo...

Oi Léo...
Sabe a alguns meses atrás eu tive um sonho horrível, sonhei que as duas pessoas mais importante na minha vida tinham morrido, meu pai e minha mãe.
Desde esse dia esse pensamento não sai da minha cabeça, quando deito na minha cama não consigo parar de pesar e muitas vezes preciso tomar algum remédio pra conseguir durmir. Como essa noite que passou.
E hoje eu to muito mal sabe, com vontade de chora a TODO momento, me sentindo fraca,sozinha e com
medo.
Medo de perder eles, pq a maior parte de meus sonhos a serem realizados eles estão presentes. Ai não gosto nem de pensar.
Já pensei em procurar um psiquiatra pra ver se me ajuda, mas de nada vai adiantar, pois quando xikinho morreu eu fui em psicologo e não adiantou nada. Então resolvi desabafar um pouco contigo.
Beijos .....Jessica.











Medo de perder....( é coisa da Matéria)





É uma característica da vida dos jovens, este  medo que assola  e enfraquece, querendo tornar impossível as conquistas.

É muito mais normal do que aparenta ser, mas tão destruidor como um tornado em campo aberto.

Mas tudo isto significa que algo não vai bem; então é um tipo de alerta que acontece para que se preste mais atenção à própria vida. E prestar atenção na própria vida é mais do que viver ou se deixar levar pela vida, sem um rumo ou direção. É importante esclarecer isto pois inadvertidamente quem viver este momento e não souber entender as razões  pensar-se-á louco.

Mas como tudo é motivado por razões subjetivas, algum desarranjo sempre será efeito do que se pensa e se sabe.

Sabe Jessica, eu me preocuparia mais em tornar a vida visível e entendida, do que pintá-la de cores lindas que não servirão pra nada.

É mais eficaz, você batalhar para conquistar seu futuro do que imaginar que este futuro será lindo e que um dia ele chegará. É mais ou menos  como esperar pela sorte grande na loteria; tem gente que espera pela sorte grande a vida inteira ... e morrem à míngua sem produzir ou conquistar nada porque ela não veio.

Eu creio que esta é a sua hora; A hora de você mostrar que tem força e fé e partir para a luta e conquistar seu próprio futuro e seu espaço e não ficar temendo pela morte, porque existe muita vida pela sua frente. Porém, se você não se mexer acabará achando que a morte não é uma coisa natural para o ser humano e sim uma desgraça, e isto acabará com todas as suas possibilidades de conquistar o mundo que existe  à sua frente.

Um dia nos falamos e ficou patente e evidente que você tem dentro de seu peito facilidades para ter sensações. Pois bem, estas sensações não fazem parte da morte e sim da vida, pois todas as manifestações espirituais se dão enquanto houver vida e, após a vida, sem alguém para interpretá-las elas são impossíveis; isto equivale dizer que sensações  não existem entre mortos, até porque elas dependem do corpo para serem interpretadas. Então, minha querida amiga, aproveite enquanto você está viva e não dê bola pra morte, viva, e use sua vida até o ultimo minuto e não se deixe afligir pela idéia da eminente morte de seus pais. (isto está em sua cabeça).
Está na hora de você compreender que você também é responsável pela continuidade da vida independentemente deles ou não.

Você me diz que pensa em procurar um psiquiatra para ver se ele te ajuda; bom não sou médico e, não posso ir contra os conhecimentos médicos; acredito que você até poderia consultar-se com um psicanalista lacaniano daqueles que gostam de rir da dentadura do diabo, mas acho que seu problema mesmo é falta de atividade para seus dias, pois acredito que cabeça vazia é oficina do diabo.

Aproveite, minha amiga e preencha seus dias, buscando mais atividades , pois isto far-lhe-á falta no futuro, mas faça isto antes de tornar-se Mãe, e ter que se explicar sem ter conhecimento profundo sobre os assuntos da vida.

Acredito também, que estes sonhos que invadem e descontrolam sua mente, fazem parte de sua vida porque você está aberta a recebê-los e vivê-los como se eles fossem reais.

Boa tarde minha amiguinha querida, reflita muito sobre minhas palavras e medite para que ninguém ouse colocar palavras em sua boca, sonhos em seu coração e desânimo em sua vida.

E, acredite: o medo é relativo ao seu conhecimento.  


 Léo S.Bella   03/12/2009

Um comentário:

NOSSA!! COMO EU AMO A VIDA! disse...

Oi Jéssica! Olha minha amiga, me chamo Adriana, não fique assim, pois eu já tive esses sonhos, nossa vida está nas mãos de Deus, ele sabe o que faz, tive uma premonição na partida da minha mãe, chorei e contei p/ minha irmã, depois de algum tempo comecei a melhorar, logo depois tive mais 2 premonições, sonhei com ela de quinta p/ sexta, ela veio a falecer na sexta as 9:00hr, tive um contato com ela na escola, eu estudava de manhã, isso já faz uns 4 anos e meio. Fui saber de sua partida as 13:00hr, quando meu marido me levou p/ hospital p/ ser medicada antes da noticia. Então eu senti que tinha alguém dentro do banheiro comigo, estava do meu lado,respirando no meu pescoço, me deu uma angustia, pois eu nao sabia o que era, quando bateu a hora de ir p/ casa, parei no ponto p/ pegar o onibus, passei na padaria e comprei leite e pão, coloquei na muchila e passei o ziper, me chamaram e falaram, moça sua bolsa está aberta e suas coisas cairam no chão, nossa me assustei, nossa eu fechei a bolsa,
quando cheguei em casa contei p/ meu marido e ele me disse nossa estranho, mais temos que sair agora, sua esta no pronto socorro, ela esta bem, mais temos que ir ve-la, eu falei vamos sim, andei pensando nela o dia todo! Vou dar um beijinho nela e um abraço bem apertado na minha rainha, ele sorriu e os olhos dele lagrimejaram, ele disse que era a pueira da rua...Então eu tb tenho precentimentos da morte, tb sinto e sei que dói...beijos