Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

terça-feira, 30 de junho de 2009

A hora da partida...


Algumas pessoas estão pensando que além do que podem ver, ninguém vê nada... portanto pensam que podem tapar o sol com a peneira, ou mesmo se esconderem atrás de um tecido transparente... talvez como a avestruz que esconde a cabeça e pensa estar invisível...
Algumas pessoas... mas pessoas que conheço... pessoas que perderam filhos e portanto estão querendo ir para junto destes filhos...,
É um desespero só, lutar pela morte e não pela vida... mas elas estão certas? Coincidentemente, elas estão cultivando doenças dentro delas, achando que com isto estarão livres de serem recriminadas pelo suicídio e desta forma conseguem morrer e chegar ao outro lado da vida onde querem que os filhos as esperem...
Mas estão enganadas, seja pela fé que tem ou pela doutrina ou religião que seguem...
Primeiro é preciso entender o que é vida... e como ela se dá no espaço de tempo... depois é preciso entender que a medida de tempo após a morte tem uma outra grandeza, e, não é uma grandeza crescente, ela pode ser decrescente também, é como se fosse um tempo invertido dentro daquele espaço, porque dentro daquele espaço, uma outra porta abrir-se-á semelhante à primeira morte...
E assim sucessivamente até o centro de todo este Universo... ou seja, onde tudo começou...
Mas isto é uma outra estória que a física deve desvendar logo que conseguir provar através do acelerador de átomos como foi que surgiu o Universo.
O que me interessa, são estas pessoas, que a despeito de serem Mães, perderam a coragem de viver e estão se matando para reencontrar mais cedo seus filhos...
Imagine se tudo fosse tão simples assim, a vida seria diferente há muito tempo, pois no passado tivemos muitos filósofos e pensadores muito inteligentes e capazes de desvendar a ordem destas coisas..., e não conseguiram, além do que a simplicidade banal não é coisa de Deus... e o homem vive na terra há pelo menos 40 mil anos... então se fosse assim tão fácil alguém já teria conseguido...
Mas isto, se não fosse trágico seria hilário, porque quem pretende se deixar matar pela doença, não consegue morrer apenas, mas acaba sofrendo mais pelas dores terríveis e vegeta como uma planta, dependendo cada vez mais das pessoas que estão ao seu lado... na verdade a pessoa que está nesta condição não é confiável em seus sentimentos, porque a despeito dos que vivem e dela depende ela apenas quer saber egoisticamente do que sente...
Por outro lado, esta ânsia de morrer, está instalada dentro de sua mente... é uma semente que não germina completamente e desta forma apenas acaba corroendo e não matando...
A espiritualidade está devidamente protegida destas mentes doentias, pois o que se forma nesta vida são apenas presente e passado... e um futuro não vivido não enseja um presente, e sim, denota um passado muito fraco e mal vivido... próprio daqueles cujas almas devem purgar muito antes de serem purificadas.
Isto não é bobagem, e sim, a constatação de que se uma pessoa não presta pra suportar o que se pode viver nesta vida e se acovarda, seu espírito não terá muitas chances do outro lado, pois lá a competição energética é intensa... Não fosse assim, os demônios ainda estariam sentados ao lado de Deus.
Bom, de qualquer forma vou deixar este assunto de lado, até porque tem muita gente bem preparada para suportar e aturar estas almas que vivem se relaxando, com uma cervejinha, um churrasquinho, um sexo casual, e um descompromisso total com a vida... porque eu tenho muitos anjos me endoidando com perguntas do tipo “...por que minha mãe chora se não estou doente...?”
Bom, estou começando a falar apenas, talvez amanhã eu resolva dar os nomes destas pessoas, ou até contar para seus familiares o que elas escondem, ou pensam que escondem, afinal quem não teme a própria morte, não teme a morte de ninguém, e desta forma a qualquer momento pode passar de vítima a matador.
O interessante é que espiritualidade não tem nada em haver com a materialidade, mas caminham paralelamente, e desta forma uma pode interferir no caminho da outra...
Se você não acredita, conte sua estória... para que sua história seja entendida por aqueles que dependem e amam você e desta forma possa quando você partir servir de ensinamento e não de vergonha para os que ficarem.

Léo 30/06/2009

Nenhum comentário: