Pesquisar este blog

As Asas do Condor


Durante muitos anos,o Condor se preparou para voar soberano pelos Ares, em todas as camadas; em todas as direções cobrindo longas distâncias, aproveitando para construir sua sabedoria...
Durante estas andanças, o mundo passou sob suas Asas e ele apenas observou, parecendo distante, porém utilizando-se de todos os seus sentidos apreciou cada detalhe em sua viagem .
Pela sabedoria,construída através dos tempos, tornou-se naturalmente conhecedor de todos os segredos...
Sob o que foi observado é que vamos falar...
Sejam muito bem vindos ..
O CONDOR....

contador


contador

sábado, 23 de maio de 2009

os abutres e o romantismo

Os abutres e o romantismo... Muitas pessoas não entendem que a vida é pra ser vivida de uma so vez, sem intervalos e intensamente, onde a alma ou o espirito não sejam alijados de nada .. Muito sofrem os que amam verdadeiramente e porque amam com a intensidade de suas almas, sempre acabam sendo incompreendidos ...e muitas vezes rotulados de romanticos meramente... Mas, é porque existem estes romanticos que o mundo não é pau-pau pedra-pedra... E, também porque uma janela apesar de ser apenas uma abertura para a luz, se torna uma tela para a vida... É porque existem os romanticos que ainda existem fé e amor suficientes dentro do peito para se dividir com a humanidade... Muitas Mães, e filhas, deixar-se-ão viver eternamente pela maternidade e até pranteando seus filhos queridos mas nunca deixarão o romantismo porque é ele que não permite que o coração endureça para as coisas mais belas da vida...porém as que deixarem de ser romanticas, estarão se abandonando aos pedaços pela estrada, para que abutres saciem-se ....e divirtam-se com as carcaças... Febril, é o estado do peito de quem ama... E não rejeita nunca o querer saber do outro...do oculto... E, este calor que invade o peito de quem ama, não necessita de refrigério, nem de mistério pra viver... Requer sim cumplicidade, e temperança nas atitudes diuturnas, nos toques das mãos que percorrem além da nudez do corpo, mas aprofundam-se em aprender os segredos da alma desnuda de preconceitos... Então, entre erros e acertos, entre o não e o sim balbuciado quase não dito, existe o verdadeiro espectro do prazer que acarinha o corpo e engrandece a alma de quem realmente vive do amor... Não creio que seja privilegiode alguns Amar, mas sim uma aberração natural a ausencia de amor no ser... Mas, sem querer definir ou traçar caminhos em direção ao prazer...minha proposta aponta em direção ao cantinho mais seguro dentro de sua alma, onde existe, voce, sua nudez e uma janela... Ainda que exista apenas um fresta de luz pela janela, não deixe de se amar e, exija ser amada... Léo...

video

Um comentário:

tania disse...

...Mas e o que seria da vida sem o romantismo?... Nem a natureza seria tão bela sem ele... As paisagens do vídeo... são todas belas porque possuem, em si, romantismo.